6 dicas de como manter-se em forma em tempos de crise

30-03-2020

Estamos a viver um momento único. Penso que já não vale a pena falar mais sobre o vírus, uma vez que a comunicação social já o faz exaustivamente. Não sei quanto a ti, mas, de início, fiquei mesmo de rastos. Andei tão envolvida com as notícias e com a prevenção que acabei por esquecer um bocadinho de mim. As consequências foram uma perda de memória e de qualidade emocional. O segundo passo seria o esquecimento das questões essenciais para a manutenção de um corpo saudável.

Após esse curto período, passei a estudar estratégias para manter a saúde a todos os níveis: mental, emocional, espiritual e, claro, físico. São justamente essas dicas que partilho agora contigo.

1. Ame-se e cuide-se

Muito se tem falado sobre isso, mas até que ponto estás, de facto, a amar-se? Tens tido atitudes de amor-próprio? Sabemos que é muito importante mantermos a antiga rotina, mas sugiro que alteres um bocadinho a tua rotina e acorde 30 minutos mais cedo. Dedique esses 30 minutos exclusivamente a ti. Medite, faça uma leitura edificante, arranje as unhas, cuide do cabelo, hidrate a pele... enfim, faça algo que seja exclusivamente para ti. Esses 30 minutos farão uma total diferença na qualidade do teu dia.

2. Medite diariamente

A meditação é um exercício de foco e concentração que promove relaxamento físico, melhora a postura e equilibra o estado psicológico de quem pratica. Já está provado que a meditação contribui para um bom funcionamento tanto do corpo físico quanto do corpo emocional, passando também pela concentração e a memória.

Ao contrário do que se possa pensar, não é necessário dispensar um longo tempo para meditar. Existem meditações de cinco minutos que fazem um bem enorme. Não é necessário qualquer acessório, é o teu encontro com o teu corpo e a tua mente. Sigo um canal no YouTube que tem vários vídeos com meditações guiadas para iniciantes. A prática diária da meditação de certeza ajudará a reduzir o stress e a ansiedade. Recomendo vivamente!

3. Pratique uma actividade física em família

Nessa fase de isolamento social a tendência é passamos a maior parte do tempo sentadas. Com o passar do tempo isso só poderá nos levar a vários problemas físicos, incluindo o excesso de peso (o nosso pior inimigo depois da auto sabotagem e das crenças limitadoras).

Portanto, mexa-se!

Se for em família é ainda melhor. Escolha o tipo de actividade que agrade a todos, afaste o sofá e aproveitem ao máximo.

O ginásio que frequento está a realizar aulas online para as sócias. Foi criado um grupo fechado e todos os dias temos dois treinos, um pela manhã e outro à noite. Tem sido maravilhoso!

Uma óptima alternativa é o projeto da coreógrafa, professora e eneacoach Marta Salsinha. A Marta tem turmas online de condicionamento físico para crianças, jovens e adultos. Eu fiz uma aula na sexta-feira passada (28/03) e A-DO-REI! Além da qualidade do trabalho conta-se com a simpatia da Marta Salsinha. Digo-te: a não perder! Para mais e melhores informações, basta enviar-lhe uma mensagem privada via Facebook, no perfil: https://www.facebook.com/marta.salsinha

4. Cuide de manter a alimentação saudável

Um outro risco em ficar a trabalhar a partir de casa é descuidarmos da alimentação e passamos a comer asneiras. Nem preciso dizer o resultado, pois não?

Então, pegue o plano alimentar esquecido naquela gaveta (passei anos a guardar planos que não seguia) e coloque-o em prática. Nada melhor para passar bem o tempo e manter a imunidade em dia do que cozinhar uma comidinha saborosa e saudável.

Quando eu iniciei o meu processo de emagrecimento recorri a alguns canais do YouTube (percebe-se que sou fã do site, lol) em busca de boas receitas. Deparei-me com uma infinidade de canais veganos e de lá retirei muitas receitas maravilhosas para cozinhar os meus vegetais, e não só. Com boa vontade conseguimos encontrar receitas low carb, de baixo custo, requintadas, vegetarianas, veganas e, principalmente, saudáveis.

Então, nada de ficar a pedir pizzas por aí, faça a tua própria refeição e ganhe saúde.

Já fiz contacto com uma nutricionista e escreveremos juntas um artigo mais aprofundado sobre a alimentação para estes dias em casa. Aguardem!

5. Aprenda a fazer algo novo

Não sei quanto a ti, mas esse é um dos meus objectivos. Amo aprender e, agora, desejo aprender a dançar. A vida toda fui muito tímida e sempre tive vergonha de dançar na frente dos outros. Sempre me achei sem ritmo (anormal para uma brasileira, pois não?). Entretanto, quando iniciei no ginásio tomei coragem e passe a fazer aulas de Zumba. Consegui soltar-me imenso!

Agora, o próximo passo é aprender a dançar, de facto. A dança tem um duplo poder: mexe com o corpo e com as emoções. Ao dançarmos estamos a fazer um valioso exercício aeróbico e a queimar aqueles quilinhos que teimam em acompanham-nos. Para esse fim, posso contar com o projeto fixe da Marta Salsinha. Ela está a dar aulas de dança online a crianças, jovens e adultos (Não todos ao mesmo tempo!). Já estive com ela e garanto-te que é óptima!

Uma outra dica é costurar. O que achas da ideia? Vou aproveitar esse momento para redecorar as almofadas da sala e já fazer umas prendinhas. Um dia destes vi um projecto que achei fixe: aulas de costura online. Não conheço as autoras, mas senti vontade de divulgar. Entrei no website e descobri que além das aulas de costura elas têm aulas de macramé, tecelagem, cosmética natural, bordado, tricot e crochet. Achei muito interessante. Caso tenhas interesse, o endereço do website é: https://www.companhiadasagulhas.pt/

E tu, o que desejas aprender?

6. Leia, visite, informe-se

Uma boa pesquisa e descobrirás o mundo ao alcance dos dedos. Hoje em dia tem-se uma variedade de bons canais de informação na web. Websites e blogs sobre os mais diversos assuntos, além de vários museus abertos a visitação online.

Bem, eu não poderia concluir esse artigo sem falar um bocadinho do meu trabalho! Afinal, tenho buscado escrever sobre assuntos que a ajudarão a passar por esse momento de isolamento (O que fazer com os miúdos em casa?) e, também, nos aspectos que levam a um processo de emagrecimento que seja sustentável.

Tenho usado estes dias para aprofundar ainda mais os meus conhecimentos. Em paralelo estou a elaborar um e-book e artigos para o blog que tratarão mais especificamente sobre a temática do emagrecimento. Tanto o e-book quanto os artigos apresentarão tudo o que aprendi, o que me ajudou e ainda ajuda a manter a minha forma e a minha saúde.

Não perdes pôr esperar!

Se achares válido, siga o blog e partilhe com as amigas. Vamos formar uma corrente do bem!

Em suma, vimos que este período pode ser vivido com muita positividade e boa disposição. Cuide de ti, medite, mexa o corpo, aprenda algo novo e cuida muito bem da tua alimentação. Já, já essa pandemia acaba e voltaremos ao convívio social. O que vai mudar? Penso que se bem soubermos usar o nosso tempo seremos seres humanos ainda melhores. Pense nisso. 

----

Obrigada por teres chegado até aqui. O teu comentário é muito importante para que eu possa melhorar os conteúdos apresentados.

A divulgação das publicações ajuda o blog a crescer. Caso julgues que este conteúdo é útil, não hesite em partilhar.

Comments System WIDGET PACK