4 pilares do emagrecimento sustentável

20-07-2020

Como alcançar a tua melhor forma, de modo definitivo, com saúde, boa-disposição.

Como já tenho dito por cá e nos meus vídeos, recebo mensagens com dúvidas não só sobre o processo de emagrecimento, mas sobre o meu próprio processo: o que eu faço, como é a minha alimentação, qual é a minha base, etc.

Dessas questões surgiu a ideia do Procjeto 1 em 3, uma resposta em 3 minutos. Todas as quartas-feiras eu respondo uma das dúvidas que recebo. Se ainda não conheces, podes assistir aos vídeos tanto na minha Fan Page quanto no meu perfil do Instagram.

Bem, além das dúvidas que recebo, todos os dias eu leio e respondo à dúvidas nos diversos grupos de dietas que sigo no Facebook. Esses grupos têm sido uma verdadeira fonte de inspiração para os artigos aqui do blogue. Isso porque percebo que muitas mulheres estão completamente perdidas em relação ao emagrecimento e como ele se processa. Respondo à perguntas sobre qual o chá que emagrece rápido, como emagrecer 10 kg em 1 mês, o que fazer para não desanimar, o que fazer quando ninguém acredita sermos capazes de manter uma dieta, entre outras tantas dúvidas.

A minha conclusão e, justamente por isso estou a escrever agora, é que uma boa parcela das pessoas desconhece que considero principal: os pilares do emagrecimento saudável e sustentável. Ao desconhecer, buscam fórmulas milagrosas, shakes fantásticos, jejuns de 48 horas (sim, também já vi isso), receitas que possam substituir a gula por pães e bolos...

Dos meus estudos em neurociência, que foram a base do meu método, concluí que o processo de emagrecimento é alicerçado em 4 grandes pilares:

  • Autoconsciência emocional
  • Automotivação
  • Autodisciplina
  • Mudança de mindset

Autoconsciência Emocional

A autoconsciência emocional é a capacidade que cada pessoa desenvolve (não, não é um talento nato) para compreender as suas próprias emoções e os seus efeitos no seu desempenho em qualquer área. Com o desenvolvimento da autoconsciência emocional, pessoa passa a saber o que está a sentir e porquê e, em especial, como esse sentimento ajuda ou prejudica o que está a buscar realizar (no nosso caso, o emagrecimento). Quando bem desenvolvida, a pessoa passa a ter uma consciência real dos seus pontos fortes e das suas limitações. Isso dá a cada uma autoconfiança realista, bem como a clareza sobre os seus valores e senso de propósito. 

Automotivação

Já a automotivação é o mecanismo com o qual a pessoa avança rumo ao seu objectivo. Se partirmos do princípio que a motivação é o motivo pelo qual agimos, perceberemos que a motivação é a origem da sua automotivação. Isto significa que, se a motivação vier de dentro (razões internas) e forçar a alcançar o objectivo pelos próprios motivos pessoais, ela poderá ser considerada automotivação. Em síntese: A automotivação é realizar o que precisa ser feito sem a necessidade de estímulo, supervisão, influência ou pressão externa.

Um teste rápido para avaliar como está a tua automotivação. Observa qual destas situações mais se encaixam na tua realidade:

  • Eu preciso emagrecer para caber naquele vestido - 😞Motivação externa, portanto não sustentável.
  • Eu preciso emagrecer, pois, não aguento mais todos ficarem a falar do meu peso -🤔Não é um bom motivo. Concordas?
  • O médico disso que eu preciso emagrecer. 😣Pior ainda
  • Eu tenho que emagrecer para o verão - 🙄Continua ruim...
  • Eu quero emagrecer, pois, não gosto da imagem que vejo reflectida no espelho - 🙂Agora sim, uma motivação interna!
  • Eu quero emagrecer para ficar mais ágil, flexível e poder escolher a roupa que eu quiser -🤩Fantástico, agora vais conseguir. 

Autodisciplina

A autodisciplina é a capacidade de avançar, permanecer motivado e agir, independentemente de como a pessoa está a sentir-se, física ou emocionalmente. É facilmente perceptível quando escolhe intencionalmente buscar algo melhor para si mesmo, e o faz, apesar de factores como distracções, trabalho duro ou probabilidades desfavoráveis. Uma das suas características principais é a capacidade de renunciar à gratificação e aos prazeres instantâneos e imediatos, em favor de algum ganho maior ou resultados mais satisfatórios, mesmo que isso exija esforço e tempo.

Apesar de aparentemente terem o mesmo sentido, a autodisciplina é diferente de automotivação ou tão proclamada força de vontade. Motivação e força de vontade contribuem para a autodisciplina, assim como a persistência, a capacidade de acompanhar as metas e o trabalho duro.

Mudança de Mindset

É importante ter em conta que o que pensamos, ou seja, a nossa mente, é fundamental quando se trata do emagrecimento bem-sucedido e definitivo. Em outros artigos e vídeos eu tenho insistido nesta afirmação e sei do que estou a falar.

Observa quantas vezes tentaste emagrecer... Quais foram os artifícios utilizados e quais foram os resultados a longo prazo? Ou, ainda pior: quantas tentativas foram deixadas de lado logo na primeira semana? Isso porque não houve uma mudança real de mentalidade, na forma de ver o próprio corpo e o processo de emagrecimento.

Enquanto esse processo for visto como um «mal necessário», uma «chatice», um «não tem outro jeito», ou um «sacrifício» não conseguirás obter êxito. Nenhuma mente mantém um sacrifício por muito tempo. Logo, logo chegam os sabotadores para ajudar-te a sair do «mal necessário».

Se a pessoa não tem uma mentalidade positiva sobre o seu corpo, o emagrecimento, a alimentação saudável e os exercícios físicos... então, sempre sentirá que é uma batalha e as chances são de que estará a perder.


Neste artigo fiz um resumo sobre os pilares do emagrecimento. Durante as próximas quatro semanas irei tratar mais a fundo cada pilar. Fica atenta!

Por hora, julgo ser importante saber que ao estares alinhada a estes quatro pilares, qualquer plano alimentar, qualquer plano de exercícios ou, até mesmo o jejum intermitente (para quem é adepta), desde que orientados por um profissional competente, atingirão o objectivo de maneira definitiva. Sabes porquê? Por que haverá uma transformação interna, e é justamente isso que sustenta toda e qualquer acção.

Quando temos esses pilares bem construídos e fortalecidos, a necessidade de doces desaparece, o pão deixa de fazer falta e poderás acompanhar os amigos e familiares em reuniões regadas a bebidas e comidas, e seres muito feliz com a tua rica salada e a tua água ou outra bebida mais leve! Sim, garanto-te que é plenamente possível.

Um grande abraço!

------

Os sabotadores do emagrecimento é o meu próximo workshop gratuito. Será no primeiro fim de semana de agosto. Fica atenta!

----

Muito obrigada por teres chegado até aqui. As informações deste artigo te foram úteis? Se julgares que este conteúdo será útil a mais alguém, partilha. Vamos formar uma corrente do bem.

Logo abaixo tem um espaço para os comentários ✍️. Todos são muito bem-vindos e importantes para que eu possa melhorar os conteúdos apresentados. Espero poder ler o teu 😉.

Comments System WIDGET PACK