A importância da autodisciplina para o sucesso do teu emagrecimento

31-08-2020

Apesar de aparentemente terem o mesmo sentido, a autodisciplina é bem diferente de automotivação ou da tão proclamada força de vontade.  

Nos últimos artigos eu tenho tratado dos 4 pilares do emagrecimento sustentável. No artigo de hoje, falarei sobre o 3º pilar: a autodisciplina.

Temido por uns, odiado por outros, o termo autodisciplina geralmente causa algum tipo desconforto e/ ou resistência, devido à noção errónea de que é algo desagradável, difícil de ser obtido e que exige muito esforço e sacrifício. Na verdade, se voltarmos o nosso olhar para os benefícios, veremos que exercitar e atingir a autodisciplina podem atividades simples, sem requerer esforços árduos. Os benefícios são imensos. Garanto-te!

A autodisciplina é a habilidade de focar intensamente numa tarefa ou num objectivo com o propósito de alcançar um determinado resultado.

Autodisciplina significa autocontrolo, ou seja, é a capacidade de evitar o excesso prejudicial de qualquer coisa que possa levar-te a consequências negativas - a tão conhecida procrastinação. Uma das suas características principais é a capacidade de renunciar à gratificação e aos prazeres instantâneos e imediatos, em favor de algum ganho maior ou resultados mais satisfatórios, mesmo que isso exija esforço e tempo. Nesse caso, o esforço nem é percebido, pois, o olhar está focado nos benefícios. Para mudarmos a forma de estar e ser, sempre é necessário algum esforço, entretanto quando a causa é justa, a nossa mente adapta-se rapidamente.

Em síntese, a autodisciplina é uma forma de autocontrolo, na qual a própria pessoa torna-se líder e liderada em simultâneo. É aquela habilidade que produz um sucesso sustentável.

Face ao exposto, fica muito simples associar a autodisciplina ao processo de emagrecimento. Pois, não? A autodisciplina faz com que acordemos cedo em pleno domingo para fazermos uma caminhada, também é a responsável por dizermos não a um alimento ou a uma situação que nos afasta do nosso objetivo de eliminarmos os quilos excedentes. É justamente a autodisciplina a responsável para que essas acções sejam prazerosas e não sacrificantes.

Vale lembrar que tal como outras habilidades, nós não nascemos com autodisciplina. Assim sendo, é necessário desenvolvê-la.

Como desenvolver a autodisciplina em 4 passos


1º passo: Defina um objectivo concreto e estipula um prazo de execução.

É importante que saibas exactamente o que queres. Igualmente importante é estipulares um prazo para alcançar o teu objectivo. Não deixes ao acaso, seja objectiva e realista, tanto no objectivo, quanto no prazo.

Sobre o objectivo, vá para além do óbvio e momentâneo:

  • Usar um determinado vestido numa determinada ocasião é momentâneo. Depois de alcançado esse objectivo é muito provável que voltes aos velhos hábitos e ao antigo peso.
  • Sempre poder escolher a roupa que gostas de usar e não a que melhor disfarça o que não gostas de ver é definitivo. Quando esse objectivo for alcançado através de um processo de mudança de mindset, já não há volta a dar, e o peso será mantido.
  • Simplesmente emagrecer é demasiadamente vago.
  • Emagrecer 10kg em 4 meses é específico, realista e concretizável.


2º passo: Cria um laço emocionalmente forte com o teu objectivo

Veja o que está por trás do teu objectivo, busca a tua motivação. Para isso, perceba quais são as razões emocionais e o foco. Qual será a recompensa por alcançares o teu objectivo?

Após criares o laço emocional, namora-o diariamente. Veja-te, sinta-te na nova situação. Usa toda a tua emoção.

Perguntas-chave para ajudar-te:

  • Quando eu alcançar o meu objectivo, o que isso vai trazer-me de benefício?
  • Quando eu já tiver isso, o que mais eu posso ganhar?
  • Qual será a evidência do meu sucesso?

Lembra-te sempre: a mente guarda por repetição e por emoção, portanto, viva intensamente toda a tua emoção.

3º passo: Defina um plano de acção e uma agenda de concretização.

Tal como já foi dito no primeiro passo, tens que saber exactamente o quê fazer. Para que não te percas, defina um momento no teu dia para dedicar-te unicamente ao teu objectivo. Não é quando sobrar um tempinho. Definitivamente, isso não funciona!

Para criares disciplina é importante que tenhas dia e hora marcados. No momento reservado, elimina todas as possíveis distrações. Dentro do tempo determinado faça somente o que é suposto fazer. Cria o teu COMPROMISSO.

4º passo: Comemora TODAS as tuas conquistas.

Tão importante quanto os demais passos é comemorares cada conquista, por menor que elas possam parecer. A cada meta alcançada, comemora! Publica na tua rede social, liga para uma amiga, avisa a família, enfim, comemora.

Lembra que a mente trabalha com a emoção?! Com a comemoração, a tua mente vai associar a autodisciplina com algo que realmente vale a pena, que traz prazer.

Por fim...

Com estes quatro passos vais conseguir desenvolver e manter a autodisciplina no processo de emagrecimento. Contudo, se queres ter mais e melhores resultados, sugiro que dê, ainda, um quinto passo.

5º passo: Obtenha um suporte

Não somos uma ilha, portanto, nada mais natural que queiramos estar em contacto com outras pessoas. Também é natural que em alguma situação da nossa vida, precisemos de ajuda, principalmente quando passamos por desafios e dificuldades. E como bem sabemos, emagrecer não é tão fácil quanto algumas pessoas dizem, não é só uma questão de força de vontade, é difícil, por isso precisamos de uma pessoa, ou, em alguns casos, uma equipa, que possa guiar-nos durante esse processo.

Sendo assim, podes sempre contar comigo. A minha missão é ajudar-te a encontrar a tua melhor forma! Seja nos conteúdos deste blogue ou pelas minhas redes sociais (Instagram ou Facebook), em trabalhos individuais ou em grupos. Atualmente trabalho os quatro pilares do emagrecimento no "Programa T.E.A.R. de Emagrecimento Sustentável" e nos projetos da Escola de Emagrecimento Daisy Vasconcelos: grupos "Conversas com quem Deseja Emagrecer", e "Power On - Empodera-te: Alcança a tua melhor forma, com saúde e boa-disposição, sem abrires mão dos prazeres da vida"

Mãos a obra

✍🏻 Vamos colocar as mãos a obra?

Defina e elabora:

  1. O teu objectivo.
  2. O plano de acção - o quê fazer para alcançares o teu objectivo.
  3. A tua agenda - quais os horários serão destinados á acção.

Lembra-te de avaliares a tua rotina no final de cada dia.

Sucesso!

----

Muito obrigada por teres chegado até aqui. As informações deste artigo te foram úteis? Se julgares que este conteúdo será útil a mais alguém, partilha. Vamos formar uma corrente do bem.

Logo abaixo tem um espaço para os comentários ✍️. Todos são muito bem-vindos e importantes para que eu possa melhorar os conteúdos apresentados. Espero poder ler o teu 😉.

Comments System WIDGET PACK